Noticias

Delegacia

 

MG dá mais um importante passo no combate à corrupção no Estado. A Polícia Civil inaugurou, em Belo Horizonte, a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR).  A Controladoria-Geral do Estado e o Tribunal de Contas do Estado são parceiros neste projeto contribuindo com seus bancos de dados e sistemas de inteligência.

“A CGE, especialmente o Núcleo de Combate à Corrupção, já vinha desenvolvendo trabalhos em conjunto com a Polícia Civil. A criação da Delegacia de Combate à Corrupção dará ainda mais celeridade e eficiência aos nossos trabalhos”, afirmou o Controlador-Geral do Estado, Rodrigo Fontenelle.

O delegado Gabriel Ciríaco Fonseca explica que “a atuação conjunta entre PCMG e CGE/MG, especificamente no combate a corrupção, fortalece e especializa o trabalho desses dois órgãos na medida em que são somados os esforços dos servidores, dos recursos materiais e sistemas informatizados visando um fim único, que é o combate à corrupção, de forma mais eficiente”.

A Deccor permitirá que a Polícia Civil atue de forma mais assertiva no combate à corrupção, com profissionais especializados e recursos voltados especificamente para investigações desses crimes.

CGE Presente

Na sexta-feira, dia 13 de setembro, as escolas estaduais Alvino Alcântara Fernandes e Domingos Justino Ribeiro, do município de Mateus Leme, receberam a última visita da equipe CGE Presente, encerrando o primeiro ciclo do projeto. 

Os auditores apresentaram para a diretoria alguns resultados decorrentes do êxito da parceria entre a CGE e a Secretaria de Estado de Educação (SEE) como, por exemplo, a criação da aba “Caixa Escolar” no site da SEE, contendo aspectos da gestão financeira e administrativa. Satisfeitas com a dinâmica do trabalho, as diretoras ressaltaram a importância de saber ouvir as pessoas que estão no dia a dia da escola para que as políticas públicas educacionais sejam efetivas. 

“Verificamos muitos pontos positivos na gestão das escolas, como o cardápio da merenda do mês e da semana afixado no mural, cultivo de horta e a especificação detalhada dos itens no edital de compras dos gêneros alimentícios, promovendo a aquisição de produtos de boa qualidade”, disse Dandara Bispo Pimenta, uma das auditoras responsáveis pelo projeto. 

Há outras boas práticas que devem ser destacadas como a divulgação do demonstrativo financeiro de 2018, os termos de compromissos vigentes e a situação da caixa escolar perante a SEE. Outro destaque são os brilhantes alunos das escolas que receberam vários prêmios como medalha de ouro, prata e bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP) e credencial para Feira Internacional na cidade de Porto (Portugal). 

“É gratificante fazer um trabalho que possibilite uma maior interação com pessoas comprometidas e capazes de transformar a realidade da educação em nosso Estado”, afirma o auditor Carlos Humberto Ornelas Oliveira.

CONBRAI

Nesta manhã (17/09), o controlador-geral, Rodrigo Fontenelle, palestrou sobre “Gestão de Riscos e Gestão de Crise – O caso Brumadinho”, no 39º Congresso Brasileiro de Auditoria Interna (CONBRAI).

O evento aconteceu entre os dias 15 a 17 de setembro e teve como tema “Tecnologia e Inovação para a Auditoria Interna”. O CONBRAI é uma realização do Instituto dos Auditores Internos do Brasil (IIA), o 5º maior instituto de auditoria interna em atuação global.

“É fundamental que estejamos atentos às novas tecnologias e avanços em auditoria interna. Por meio de parcerias, a CGE-MG tem implementado ferramentas que permitem otimizar nosso trabalho, tornando-o cada vez mais inteligente”, afirmou Fontenelle.

Outros servidores da CGE também marcaram presença no congresso. “A CGE-MG não poderia ficar de fora de debates tão importantes como esse. As metodologias em auditoria estão evoluindo e é preciso acompanhar esses avanços e boas práticas”, disse o auditor Fernando de Almeida Souza.

 

IMG 20190917 WA0011

CAA CapaFoto: CAA

 

O Controlador-Geral do Estado de MG Rodrigo Fontenelle foi um dos ganhadores do Prêmio Compliance Across Americas 2019, que reconheceu personalidades que contribuíram para o desenvolvimento comportamental da ética e do Compliance em nossa sociedade atual.

O evento de premiação aconteceu durante o IV Congresso Integra – II Compliance Across Americas, um dos principais eventos nas áreas de Compliance, Gestão de Risco, Governança Corporativa e Auditoria que aconteceu entre os dias 5 e 7 de setembro em São Paulo.

Desde que assumiu a CGE-MG Fontenelle fomenta a cultura de integridade através de ações como a divulgação das agendas do alto escalão do órgão e do estímulo e parceria para a construção de Planos de Integridade de outras instituições do Estado. “Divido esse prêmio com todos que contribuíram para os resultados que temos alcançado, em especial às equipes do antigo Ministério do Planejamento e ao time CGE-MG. Se não instituirmos uma cultura de integridade na administração pública, estaremos sempre enxugando gelo. ”, afirmou Fontenelle.

Na abertura do evento o professor Bartosz Makowicz, da Universidade Viadrina na Alemanha, falou com otimismo sobre a evolução do compliance no Brasil: “Em comparação a outros países, o compliance no Brasil evoluiu muito rápido, tendo sua implementação em cerca de quatro a cinco anos de forma muito ágil, mesmo que recente. Essa velocidade é muito positiva. Mostra comprometimento de todos os envolvidos”.

 

Premiação

Comitê organizador independente formado por Ian Cook, da Kroll; Eliana Cavalcante, Professora do Instituto ARC; Ana Paula Pescamona, Representante do IBDEE; e Bruna Sarks, Representante da ESENI; realizou a premiação do 1º Prêmio Compliance Across Americas 2019, para profissionais de destaque no meio de compliance.

Conheça os premiados desta edição:

  • Rodrigo Fontenelle, CGE/MG;
  • Raul Clei, CGE/PR;
  • Letícia Sugai, IPACOM;
  • Leandro Coutinho, ICRio;
  • Juliana Nascimento, CWC;
  • Gláucio Pegurin, Instituto Ética Saúde;
  • Glades Chuery, Potencial Compliance, Grant Thornton;
  • Eduardo Daibert, Observatório Social do Brasil;
  • Cristian de Lamboy, Instituto ARC;
  • Cláudia Carneiro, ComplianceLab;
  • Anne Prudêncio, CWC.

 

 

CGE - Controladoria Geral do Estado

Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves 

 

Rodovia Papa João Paulo II, 4.000

Prédio Gerais, 12º andar

Bairro Serra Verde - BH / MG

CEP: 31630-901

Telefones de contato